Ageman esclarece agressão de agente do Zona Azul


Um monitor e servidor do Zona Azul, foi agredido na manhã desta sexta-feira, (09/02), por um motorista. O caso aconteceu na rua Luiz Anthony, no bairro centro, na zona sul de Manaus.

Nas imagens que foram compartilhadas nas redes sociais, mostram o motorista de um carro modelo onix preto, agredindo o agente, que já estava no chão. Ele foi impedido pelos moradores da região que presenciaram a cena e também por mototaxistas que estavam na área.

O motorista chegou a ser agredido duas vezes na cabeça por um mototaxista, ele bateu com o capacete no motorista. O homem, que não foi identificado, após cometer a agressão, entrou no seu veículo. Não tem informações até o momento, sobre o que aconteceu após o ocorrido.

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) da Prefeitura de Manaus, esclareceu que notificou a empresa Tecnologias de Trânsito da Amazônia SPE Ltda., responsável pelo serviço Zona Azul, a prestar as informações sobre os motivos que ensejaram o episódio de agressão envolvendo um monitor do serviço e um motorista, fato ocorrido na manhã de hoje (09/02).

Conforme o ofício, a empresa tem um prazo de até 48 horas para informar à Ageman as providências já adotadas pela concessionária para apuração dos fatos, identificação e responsabilização do agressor.

A Ageman informou em nota, que repudia todo e qualquer ato de violência praticado contra o colaborador do serviço Zona Azul e ratificou que os monitores desempenham uma função importante na organização do serviço de estacionamento rotativo e no cumprimento das normas estabelecidas no contrato de concessão e legislação vigente, sendo inadmissível que sejam vítimas de atos violentos enquanto desempenham suas atividades.

Foto: Reprodução



Fonte