Search
Close this search box.

Amazonas atinge mais do que o dobro da média nacional na redução de homicídios


O Amazonas apresentou entre os meses de janeiro e abril, uma queda de 14%, nos crimes de homicídios. A redução, conforme os dados consolidados do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) é o dobro da média nacional, que chegou a 5,9%. Com essa diminuição, o estado ficou entre as 10 federações que apresentaram os melhores resultados para o período.

Para o secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), é resultado do trabalho integrado das Forças de Segurança por meio da Polícia Militar (PMAM), Polícia Civil (PC-AM), do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) e com o apoio irrestrito do Corpo de Bombeiros Militar (CBMAM).

“Eu quero aqui parabenizar os nossos policiais, que conquistaram esse dado importante para o Amazonas, que é uma redução de 14%de no número de homicídios, quando a média nacional ficou em 5,9%. Esse é um dado consolidado, que recebemos com muito orgulho”, destacou o secretário.

O comandante-geral da PMAM, coronel PM Klinger Paiva, ressaltou que a Polícia Militar tem intensificado as ações ostensivas e de prevenção que, aliados com o apoio dos demais órgãos do Sistema de Segurança Pública, têm contribuído para a redução.

“Nossas equipes operacionais estão diariamente nas ruas, em patrulhamento ostensivo, preventivo e em incursões em áreas consideradas com maior incidência criminal. Tudo isso através de levantamento de inteligência com informações integradas da Polícia Militar, PC-AM e Seai. Estamos empenhados para garantir que esses índices continuem a reduzir e assim possamos garantir a segurança da população amazonense”, afirmou o coronel Klinger.

Prisão de liderança

A integração das Forças de Segurança, também, resultou na prisão de lideranças criminosas  suspeitas de envolvimento em diversos homicídios no Amazonas.

Entre janeiro a maio, quatro alvos da SSP-AM foram localizados e presos fora do estado. Dentre eles estão os  cunhados Kedson Matias Pedrosa, 28 anos e Francimar Silva da Silva, 28 anos, o “Catatau”. Eles foram presos no dia (21/05), na cidade de Fortaleza (CE). As prisões foram resultados de uma ação integrada entre a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) com a Coordenadoria de Inteligência da SSPDC do Ceará.

Os outros presos foram Alexandre Araújo Brandão, mais conhecido como “Xuruca”. Ele foi localizado em janeiro deste ano, em Santa Catarina.  Além dele, também foi preso, mas em abril, o narcotraficante Celson Alves dos Santos, de 34 anos, o “Celso Amarelo”. A prisão foi efetuada em um condomínio, na zona oeste do Rio de Janeiro.

FOTO: Divulgação/SSP-AM



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias