Arsepam inicia operação nos transportes intermunicipais nesta sexta-feira


De 9 a 14 de fevereiro, nos serviços de transportes intermunicipais do Estado, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam) realizará a Operação Viagem Segura – Carnaval na Floresta.

Durante esse período, estima-se que 32 mil pessoas utilizarão os transportes regulados pela autarquia estadual, sendo 16 mil pelo modal rodoviário e 16 mil pelo hidroviário.

Para garantir a segurança, estão programadas mais de 1.900 fiscalizações ao longo dos seis dias. A Arsepam prevê que mais de 1.600 abordagens serão realizadas no transporte rodoviário intermunicipal, enquanto as restantes, cerca de 300, ocorrerão no modal hidroviário.

O diretor-presidente da Agência Reguladora, João Rufino Júnior, assegurou o reforço do efetivo para proporcionar maior segurança aos passageiros. Em ambos os modais, rodoviário e hidroviário, os fiscais verificam os itens de segurança específicos antes do início da viagem.

No Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim – Rodoviária de Manaus, na zona centro-sul, está prevista a distribuição de centenas de unidades de chaveiros e identificadores de malas aos passageiros no momento do embarque. Cada item possui um QR Code que direciona para o perfil da Arsepam no Instagram, onde é possível obter mais informações sobre as atividades e serviços da autarquia estadual.

Também serão entregues folhetos informativos aos passageiros contendo orientações para uma viagem segura nos transportes intermunicipais. Cartazes contendo a mesma proposta também serão afixados na localidade da ação.

A Operação Viagem Segura – Carnaval na Floresta contará com o apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), da Polícia Militar do Amazonas (PMAM); da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH); e do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Postos de fiscalização

No modal rodoviário, as inspeções ocorrem na Rodoviária de Manaus, bairro Flores, zona centro-sul; Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte; Barreira da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona norte; após a Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba; e no Terminal Rodoviário de Itacoatiara.

No transporte hidroviário, os trabalhos da Arsepam acontecem no Porto de Manaus, atendendo também ao movimento nas balsas da Manaus Moderna, no Centro da capital; e no Porto da Ceasa.

A Agência Reguladora conta, ainda, com uma equipe volante no modal hidroviário intermunicipal, para acompanhar eventuais ocorrências e denúncias em outros portos da capital.

Canais de denúncia

A Ouvidoria da Arsepam está à disposição 24 horas para receber denúncias e esclarecer dúvidas, podendo ser contatada pelo WhatsApp (92) 98408-1799. Além disso, atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, através do número 0800 280 8585.

Para quem preferir atendimento presencial, o serviço está disponível das 8h às 14h, na Rodoviária de Manaus. Digitalmente, os serviços podem ser acessados pelo sistema Fala.BR (plataforma de acesso à informação), e-mail (ouvidoria@arsepam.am.gov.br) e pelas redes sociais no perfil @arsepamamazonas.

FOTO: Arsepam/Arquivo



Fonte