Concessões de Amazonino impedem estado de cumprir LRF, diz governo

O Governo do Amazonas informou que já está “adotando todas as medidas de austeridade necessárias para enfrentar o déficit orçamentário e atender os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR)”.

A nota é uma resposta às determinações encaminhadas nesta quarta-feira, dia 19, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) que entre outras medidas, suspende reajustes e contratação de pessoal.

O comunicado do governo diz ainda que “mesmo com todas as medidas adotadas até o momento, o pagamento de datas-bases de 2019 de servidores estaduais e o cumprimento de reajustes escalonados, concedidos no governo passado [Amazonino Mendes] sem previsão orçamentária para este ano, não têm permitido ao Estado cumprir os limites da LRF”.

Foto: BNC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: