Search
Close this search box.

Em Coari, Polícia Militar prende trio com armas, munições e balaclava


A Polícia Militar do Amazonas (PMAM), por meio do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), prendeu três homens, de 19, 31 e 53 anos, por posse irregular de arma de fogo de uso restrito, posse ilegal de munição de uso restrito e permitido, receptação e organização criminosa. A ocorrência foi registrada na quarta-feira (24/04), no município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus).

A equipe policial estava realizando fiscalização conjunta com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) do município, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Anamã, quando recebeu denúncias de ribeirinhos relatando sobre ataques de piratas dos rios, nas imediações das Comunidades de Bela Vista, Fortaleza e Canaã, todas no Rio Copeá.

Por volta das 13h, os policiais militares foram até um flutuante na Comunidade Nova Esperança, que foi apontado como possível esconderijo dos responsáveis pelos ataques aos ribeirinhos. Ao se aproximarem da embarcação, três homens caíram na água, que foram capturados pelos PM’s.

Após serem indagados sobre os ataques e armamento utilizado, os homens informaram que as armas estariam escondidas em uma área de mata e, que uma lancha usada por eles, estaria em um lago próximo da comunidade.

Nos locais apontados pelos suspeitos, a equipe do 3º BPM encontrou quatro armas, sendo uma espingarda calibre 12, uma espingarda modelo 88, uma submetralhadora Taurus de calibre 40 com quatro carregadores e uma arma de fabricação caseira de calibre 9mm com um carregador. Além disso, foram localizadas 228 munições, sendo 129 de calibre 12, 75 de calibre 40 e 24 de calibre 16.

Os policiais militares apreenderam também a lancha usada nos ataques e outra embarcação grande, deixada no local por outro pirata de rio, junto com três botijas de gás, duas balaclavas e duas caixas de som amplificadas sem nota fiscal.

O trio foi encaminhado para a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari.

Denúncia

A Polícia Militar do Amazonas orienta a população que informe imediatamente ao tomar conhecimento de qualquer ação criminosa, por meio do disque denúncia 181 ou pelo 190. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.

FOTO: Divulgação/PMAM



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias