Empresa põe 27 geradores no socorro a Iranduba e Manacapuru

Enquanto dez mergulhadores tentam encontrar a 50 metros de profundidade no rio Negro o ponto do cabo subaquático que pode ter sido seccionado e provocou falta de energia desde a última sexta, dia 19, nos municípios de Iranduba e Manacapuru, a empresa concessionária Amazonas Energia toma medidas emergenciais para amenizar os problemas dos moradores dessas cidades.

Na manhã desta terça, dia 23, a empresa deslocou cinco grupos geradores para socorrer os serviços essenciais dos municípios.

Com o reforço de usina termelétrica situada na AM-70, estrada que interliga Manaus a Iranduba e Manacapuru, são 12 geradores já em operação.

Somados a 12 geradores de energia que foram deslocados de usina em Manaus, a Amazonas Energia afirmou que serão 27 unidades fornecendo emergencialmente 40 MW (megawatts) para as duas cidades a partir de hoje.

A meta é chegar a 60 MW até a quinta, dia 25, e normalizar totalmente o fornecimento de energia às duas cidades até o final de semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: