Search
Close this search box.

Governo do Amazonas entrega mais de 100 toneladas de produtos regionais para escolas estaduais


O Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), entregou, nesta semana, mais de 100 toneladas de produtos regionais através do Programa de Regionalização de Merenda Escolar (Preme). A iniciativa beneficiou 28 produtores rurais, oito associações e cinco cooperativas.

Uma das cooperativas beneficiadas foi a Cooperativa de Fruticultura dos Agricultores do Município de Manacapuru (Coopfamma), (a 68 quilômetros de Manaus), a cooperativa produz mamão, macaxeira, abóbora e melancia. “Desde o início do programa somos inseridos, iniciamos juntos. O Preme tem uma grande importância para a Coopfamma, porque assim conseguimos vender uma boa parte da nossa produção”, disse Núbia Neves, produtora e presidente da cooperativa. 

O Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme) é executado em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto, com objetivo de assegurar o direito à merenda escolar de qualidade, reforçando a segurança alimentar de milhares de crianças e jovens matriculados na rede estadual de ensino.

“A execução do programa é muito importante para a educação em nosso estado, porque ela beneficia os alunos para o desenvolvimento físico, intelectual e pedagógico. Além disso, estimula o aumento da produção hortifrutigranjeira, florestal, extrativista e agroindustrial regional”, explicou a gerente do programa da ADS, Jacqueline Maria.

Por meio do Preme, são contratados produtores rurais, organizações de produtores rurais (como associações e cooperativas) e agroindústrias para fornecer produtos hortifrutigranjeiros, agroindustriais regionais, florestais, extrativistas e pesqueiros de cultivo e extrativistas produzidos no Amazonas, a fim de atender às necessidades da merenda escolar.

Dente os produtos regionais entregues nesta semana, estão: carnes bovinas em cubos, polpas de frutas, abóboras, banana-prata e maçã, cheiro-verde misto, couve-flor, limão regional, macaxeira in natura, mamão convencional e orgânico, além de melancia.

“Toda semana, o governo tem uma programação na qual são enviados produtos regionais para mais de 300 escolas da rede pública do estado, abrangendo tanto a capital quanto o interior”, destacou Jaqueline.

Preme 2024

O programa está com o destaque orçamentário no valor de R$ 35,7 milhões, o montante foi repassado pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto. Ao todo, estão credenciados cerca de 889 interessados, entre produtores rurais e entidades jurídicas (associações, cooperativas e agroindústrias) de 39 municípios do Amazonas.

O programa disponibiliza abacaxi; abóbora; banana pacovã, prata e maçã; açúcar mascavo; bananada; cará; castanha-do-Brasil; cheiro-verde convencional e orgânico; couve convencional e orgânico; laranja; limão; macaxeira in natura; mamão convencional e orgânico; melancia; pimenta-de-cheiro; pimentão verde; pitaya; tangerina; carne bovina em cubo e moída; filé de peixe; filé de pirarucu salgado fresco; ovo; farinha amarela e branca; farinha de tapioca; polpas de frutas; e polpas de açaí.

FOTO: Divulgação / ADS



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias