Governo troca civil por militar no posto de número 2 da Suframa

Braço direito do superintendente da Superintendência da Zona Franca de Manaus, coronel da reserva Alfredo Menezes, no começo de sua gestão, Gustavo Igrejas, considerado um dos mais qualificados quadros da autarquia, acaba de perder o posto de substituto imediato do órgão.

O número 2, a partir de hoje, passa a ser Luciano Martins Tavares, outro coronel reservista, nomeado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), para compor a cúpula da Suframa.

O ato foi oficializado nesta segunda-feira, dia 17, por meio da portaria 889, assinada pelo secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Pacheco dos Guaranys:

PORTARIA Nº 889, DE 13 DE JUNHO DE 2019

O SECRETÁRIO-EXECUTIVO DO MINISTÉRIO DA ECONOMIA, no uso de suas atribuições, e considerando a subdelegação de competência contida no § 1º, art. 11, da Portaria GM/MECON nº 10, de 17 de janeiro de 2019, publicada no Diário Ocial da União de 18 de janeiro de 2019, alterada pela Portaria GM/MECON nº 18, de 28 de janeiro de 2019, publicada no Diário Ocial da União de 29 de janeiro de 2019, bem como o disposto no processo SEI! nº 52710.607803/2017-33, resolve:

Designar LUCIANO MARTINS TAVARES para exercer o encargo de substituto eventual do Superintendente, código DAS 101.6, da Superintendência da Zona Franca de Manaus, nos afastamentos e impedimentos legais ou regulamentares do titular e na vacância do cargo.

MARCELO PACHECO DOS GUARANYS

Ex-de confiança

Gustavo era de tanta confiança de Alfredo Menezes, que, quando o reservista tomou posse na Suframa, a única testemunha do ato, com foto autorizada (destaque do post) pelo chefe, foi ele. Isso foi no fia 18 de fevereiro deste ano.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: