fbpx

Joelson Silva diz que criação do Museu da Corte do TCE-AM é um marco para a história

Defensor de uma maior harmonia entre os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, na resolução de problemas do dia a dia da população, o presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Joelson Silva (Patriota), enalteceu a iniciativa do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) de criar uma instância própria, como forma de preservar a história do órgão e da própria cidade de Manaus. Para o vereador, o Museu da Corte, cuja placa inaugural do primeiro módulo foi descerrada nesta quarta-feira (14), pelo presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, representa um marco e é motivo de orgulho para todos os amazonenses.

“É mais um legado que esta cidade deixa para as novas gerações, com um vasto acervo de documentos, materiais físicos e fotos. Em nome de seu presidente, o conselheiro Mario de Mello, parabenizo o TCE pela iniciativa e a todos que, ao longo destes 70 anos contribuem com o fortalecimento dos controles interno e externo das instituições públicas do Amazonas”, avalia Joelson Silva.

A apresentação do modulo referente ao museu, que deve ser aberto no ano que vem para visitação pública, fez parte da cerimônia híbrida realizada para comemorar os 70 anos do TCE-AM. O evento foi marcado também pelo lançamento de livro sobre o órgão, de um vídeo institucional e do selo dos Correios, comemorativo às sete décadas do tribunal.

De acordo com a programação, as comemorações continuam por três dias.

Texto: Isaac Júnior – Dircom/CMM
Foto: Robervaldo Rocha – Dircom/CMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *