Search
Close this search box.

Mais de 100 mil alevinos foram entregues para piscicultores do município


Mais de 100 mil alevinos (formas jovens) de tambaqui foram entregues na sexta-feira (14/06) para cerca de 60 piscicultores do município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus). A ação foi realizada pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), em parceria com a Prefeitura de Coari.

A solenidade de entrega ocorreu no município com a presença do Governador do Amazonas, Wilson Lima, acompanhado pelo prefeito de Coari, Keitton Pinheiro; do deputado federal Adail Filho; da deputada estadual Mayara Pinheiro; do secretário da Sepror, Daniel Borges, além de outros secretários de Estado.

Daniel Borges destaca que os alevinos entregues em Coari são da mais alta qualidade genética, reproduzidos no Centro do Distrito de Balbina, em Presidente Figueiredo (distante 117 quilômetros de Manaus), com o objetivo de fomentar aqueles municípios que possuem potenciais produtivos na atividade.

“O alevino é a semente da piscicultura. Com esse incentivo, o piscicultor vai diminuir o custo na produção, e vai receber um alevino de qualidade. E gerar renda futuramente com o pescado, abastecendo a mesa das famílias coariense”, ressalta o secretário da Sepror.

As formas jovens de tambaqui foram produzidas no Centro de Tecnologia, Produção e Conservação de Recursos Pesqueiros (CTPC). Foram enviadas unidades de pós-larvas para Coari, onde foram criadas no Centro de Treinamento e Desenvolvimento Agroambiental (CTDA), até se tornarem alevinos.

Balanço de 2024

A Serpror forneceu aproximadamente 4 milhões de alevinos e pós-larvas de tambaqui e matrinxã, durante os primeiros cinco meses de 2024, para 1.682 piscicultores em 26 municípios do estado.

A produção de pós-larvas e alevinos é distribuída gratuitamente aos piscicultores em municípios com potenciais produtivos na atividade.

Municípios atendidos

Autazes, Coari, Manaus, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Eirunepé, Envira, Itamarati, Benjamin Constant, Codajás, Careiro,Amaturá, Anori, Coari, Barreirinha, Manacapuru, Maués, Careiro Castanho, Codajás, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Iranduba, Novo Aripuanã, Borba,  Itacoatiara, e a zona rural de Manaus.

FOTO: Emerson Martins/Sepror



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias