Melo e ex-secretários saem da cadeia e passam réveillon em casa

O juiz Ricardo Salles, da 3ª Vara da Justiça Federal do Amazonas. revogou na noite desta terça-feira, dia 26,  a prisão temporária de José Melo (Pros).

O governador cassado, acusado de receber propina da organização criminosa que desviou verbas da saúde estadual, volta pra casa ao amanhecer para passar o réveillon com a família.

O juiz também converteu a prisão preventiva em domiciliar dos ex-secretários de Saúde (Susam) Wilson Alecrim e Pedro Elias e de Fazenda (Sefaz) Afonso Lobo.

Conforme a decisão, o trio será monitorado por tornozeleira eletrônica  e só poderá sair de suas residências com autorização judicial. Eles ainda terão que entregar seus passaportes em até 48 horas para a Justiça.