Search
Close this search box.

Parque Gigantes da Floresta conta com brinquedos acessíveis e exclusivos para PcDs e cadeirantes


Entre o Gigantes da Floresta, parque que a Prefeitura de Manaus vai inaugurar nesta quinta-feira, 4/7, às 17h30, o realismo dos animais, da flora e fauna amazônica provoca um sentimento de lugar mágico e de aventuras. Além da diversão, a prefeitura vai entregar ainda inclusão, já que há espaço para todas as crianças, com deficiências e com mobilidade reduzida ou alguma restrição motora.

Os brinquedos são balanços e gangorras para atender, exclusivamente, Pessoas com Deficiência (PcDs) e cadeirantes, com alto padrão de acabamento e de qualidade, e totalmente adaptados, instalados em piso de grama sintética. O material foi adquirido de uma empresa especializada nesse tipo de equipamento. O projeto arquitetônico e urbanístico do complexo é do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

“O playground inclusivo é exatamente para proporcionar a qualidade de vida, promover a interação junto às crianças com deficiência e crianças também com mobilidade reduzida, seja ela de maneira provisória ou permanente. Isso vai permitir que as crianças que não possuem deficiência possam interagir junto às crianças com deficiência, e pela primeira vez estamos adotando esse tipo de equipamento em uma área pública. Este é o início e, provavelmente, após este parque, irão surgir outras áreas públicas para serem atendidas”, explicou o diretor de Planejamento Urbano do Implurb, arquiteto e urbanista Pedro Paulo Cordeiro.

No Gigantes da Floresta haverá esse ambiente onde todas as crianças poderão brincar e se divertir sem distinção. Os equipamentos estarão devidamente sinalizados, destinados a cadeirantes, por exemplo, e deverão ser usados somente com acompanhante ou responsável. Esses brinquedos vão além do fator diversão, incluindo desenvolvimento motor, cognitivo e social, sendo mais uma oportunidade para a inclusão de pessoas com deficiência.

“Também demonstra o acolhimento da gestão do prefeito David Almeida, em tratar todos com igualdade, garantindo diversão neste parque a todos”, disse Pedro Paulo.

O Gigantes

O parque funcionará de quarta a sexta-feira, das 16h às 21h, e nos sábados, domingos e feriados, das 10h às 21h. Às segundas e terças-feiras, o Gigantes da Floresta estará fechado para manutenção de brinquedos, das estruturas gigantes e da praça molhada de 3,6 mil metros quadrados. A lâmina do espelho d’água terá 25 centímetros.

O complexo terá gestão das secretarias municipais de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg) e de Limpeza Urbana (Semulsp), para garantir segurança patrimonial e dos frequentadores, além de combater o comércio ilegal de ambulantes e manter a área limpa e cuidada. O projeto arquitetônico é de autoria do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

Os seis cenários que serão inaugurados têm placas indicativas de bom uso, com avisos que informam a necessidade de ter um responsável acompanhando as crianças menores de oito anos; e que pets não serão permitidos no local, para evitar contaminação por fezes e xixi dos animais nas áreas dos brinquedos, servindo de proteção à saúde dos pequenos.

Além dos mais de 80 animais de gigantes e grandiosos tamanhos, o parque ainda conta com detalhes da fauna em versões menores, dando mais riqueza e realismo ao local, como macacos e onças confeccionados em fibra de vidro. Estes têm efeito apenas decorativo, ficando em alturas maiores, no topo de alguns bichos da Amazônia.

Gestão

O Gigantes da Floresta terá uma área administrativa e de monitoramento da segurança num contêiner, que ficará a cargo da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg). Câmeras e outros equipamentos modernos vão assegurar uma segurança de alto nível no parque, incluindo guardas municipais em ronda 24 horas, com motos, quadriciclos e viaturas.

Equipes de monitores vão auxiliar, orientar e cuidar do bom uso e entretenimento das crianças e jovens nos cenários durante o funcionamento do parque. O espaço possui um conjunto de banheiros masculino, feminino, Pessoas com Deficiência (PcDs) e para a família.

Não é permitido

Entre as regras básicas do parque, como ocorre em outros espaços públicos municipais, o comércio ambulante não será autorizado pela prefeitura. Não será permitido o uso de aparelhos sonoros ou instrumentos por frequentadores. 

— — —

Texto – Claudia do Valle/Implurb

Fotos – Elton Viana e Antônio Pereira/Semcom e Implurb/Divulgaç



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias