Search
Close this search box.

PC-AM prende homem condenado a mais de 22 anos por homicídio ocorrido no Pará


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP), em conjunto com a Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), cumpriu, na quarta-feira (10/07), mandado de prisão em razão de sentença condenatória por homicídio de Maurício Aquino Gamboa, 45, conhecido como “Cubaçu”. O crime ocorreu em Santarém, estado do Pará.

A prisão aconteceu no ramal do Guerra, zona rural de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros de Manaus).

De acordo com o delegado Fábio Aly, titular da Polinter, o autor já respondia pelo crime de homicídio contra um homem ocorrido em 2017, em Santarém (PA). No entanto, estava foragido da Justiça.

“Mauricio foi localizado após um trabalho de inteligência que indicou sua localização em uma área rural de Presidente Figueiredo. A prisão foi resultado de um esforço contínuo de levantamento de informações e planejamento entre a Polinter e a Seai”, explicou o delegado.

A ordem judicial em nome do infrator foi decretada no dia 21 de setembro de 2018, pela 3ª Vara Criminal de Santarém.

A Polícia Civil e a Seai reiteram o compromisso com a segurança pública. Informações sobre foragidos podem ser denunciadas anonimamente pelo 181, disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) ou pelo WhatsApp da Polinter: (92) 3667-7727.

Procedimentos

Maurício Aquino Gamboa foi condenado a 22 anos e 3 meses de reclusão em regime fechado, e ficará à disposição da Justiça.

FOTO: Erlon Rodrigues/PC-AM



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias