Search
Close this search box.

Prefeitura de Manaus e Senai capacitam mulheres para garantir a autonomia financeira


A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), encerrou, nesta sexta-feira, 5/7, o curso de capacitação “kit de festas” que o Centro de Referência dos Direitos da Mulher (CRDM) promoveu a mulheres atendidas pelo Instituto Olhar Solidário, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), localizado na avenida Rodrigo Otávio, bairro Distrito Industrial 1, zona Sul.

Durante duas semanas, as participantes tiveram a oportunidade de conhecer todos os processos de fabricação dos kits festivos, definição de preços, captação de clientes, apresentação dos produtos e como fechar os negócios.

“Essa iniciativa visa fortalecer a emancipação feminina por meio da qualificação, que são essenciais para superar as adversidades enfrentadas. Dessa forma, todas tiveram a oportunidade de adquirir novas habilidades práticas e, também de fortalecer os laços comunitários e encontrar suporte emocional e profissional, reconstruindo suas vidas de forma independente e com dignidade”, ressaltou a diretora do Departamento de Enfretamento à Violência contra a Mulher da Semasc, Marley Santos.

Doralice Costa, psicóloga do CRDM, destacou a importância dessa ação, visando capacitar e empoderar mulheres que enfrentam ou enfrentaram violência doméstica, causando um impacto positivo em suas vidas.

“A ação que foi promovida é essencial para mulheres que enfrentam ou já enfrentaram violência doméstica. O impacto positivo que isso gera em suas vidas é notável. Estamos não apenas oferecendo oportunidades de aprendizado prático, mas também ajudando a reconstruírem sua confiança e independência, o que é fundamental para superar os desafios”, declarou.

Daila Reis, diretora administrativa do Instituto Olhar Solidário, afirmou a importância da parceria entre o CRDM junto à sociedade civil, retomando novas oportunidades de transformação e crescimento pessoal das participantes.

“Estamos extremamente gratos por esta parceria magnífica e esperamos que venham mais iniciativas como essa, para que possamos continuar proporcionando novas perspectivas e realização pessoal para elas”, frisou.

A dona de casa J.V, de 35 anos, compartilhou sua experiência positiva com o curso, considerando a ideia de usar suas novas habilidades para gerar renda no futuro. “Inicialmente, me sentia limitada, cuidando dos filhos e achando que minha função se resumia a isso. Porém, essa oportunidade mudou tudo, com isso, tenho praticado em casa e já penso em usar esse conhecimento para criar o meu próprio negócio”, finalizou.

Foto – Diego Lima/Semasc



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias