Search
Close this search box.

VÍDEO: homem é espancado depois de cobrar R$ 200 por duas diárias de trabalho

Da redação

Imagens de câmeras de segurança do quiosque Tropicália, no Rio de Janeiro mostram o momento em que o congolês Moïse Kabamgabe é espancado por vários homens antes de morrer no estabelecimento na orla da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

As imagens mostram que as agressões começam depois de uma discussão entre um homem que segura um pedaço de pau e o congolês, que mexe em objetos do quiosque como uma cadeira, um refrigerador e um cabo de vassoura.

Depois que Moïse solta os objetos, se aproximam mais dois homens. Na sequência começa a sessão de agressões. Em vários momentos é possível ver que o congolês não oferecia resistência enquanto levava golpes com um pedaço de madeira.

Um homem que afirma ter cometido agressões que resultaram na morte do congolês foi levado no início da tarde desta terça-feira (1) para a Delegacia de Homicídios do Rio.

O homem se apresentou inicialmente na 34ª DP (Bangu) e depois foi conduzido para a Delegacia de Homicídios. O dono do quiosque também foi ouvido, mas na 16ªDP (Barra da Tijuca).

O congolês foi espancado até a morte depois de cobrar R$ 200 por duas diárias de trabalho não pagas no quiosque Tropicália, na orla da Barra, na Zona Oeste, segundo a deputada estadual Dani Monteiro (Psol), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

Agentes da Delegacia de Homicídios (DH) do Rio devem ouvir, nesta terça, o dono do quiosque. No fim da manhã, advogados que representam o estabelecimento chegaram à DH, na Barra. Eles não quiseram falar com a imprensa.

Veja vídeo:

Fonte: Portal Baré

Compartilhe nas Redes

últimas noticias