Aulas da rede estadual são suspensas em mais 14 municípios do Amazonas

Assim como em Manaus, o Governo do Amazonas suspendeu, nesta terça-feira (17), as aulas na rede estadual por 15 dias nos municípios da região metropolitana da capital, Parintins e Tabatinga. A medida faz parte do novo decreto assinado por Wilson Lima com medidas de enfrentamento ao novo coronavírus.

Estão suspensas por as aulas nas escolas da rede estadual de: Iranduba, Novo Airão, Careiro da Várzea, Rio Preto da Eva, Itacoatiara, Presidente Figueiredo, Manacapuru, Careiro Castanho, Autazes, Silves, Itapiranga e Manaquiri, que integram a Região Metropolitana de Manaus, em razão da proximidade com a capital, onde as aulas também foram suspensas pelo mesmo prazo.

As escolas estaduais de Tabatinga, por estar em região de fronteira, e de Parintins, segunda maior cidade do Amazonas e que recebe turistas de outros países, também estão suspensas por 15 dias.

Suspensão das aulas na rede estadual de Manaus

As escolas da rede pública estadual de Manaus estão com aulas suspensas por 15 dias. Em anúncio, o governador do Amazonas afirma que a medida de prevenção contra o novo coronavírus será tomada a partir desta terça-feira (17) e, até o momento, apenas na capital. As aulas da rede municipal também estão suspensas.

O anúncio da suspensão das aulas ocorreu na tarde desta segunda-feira (16), após reunião do governador Wilson Lima com representantes da saúde. Lima informou que estuda, junto à Seduc, a possibilidade de transmitir aulas por meio Centro de Mídias, via internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Fique a vontade!