Search
Close this search box.

Dupla é presa com pornografia infantil em seus celulares


A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Cibernéticos (Dercc), deflagrou, nesta terça-feira (21/05), a Operação Bad Vibes 3, que resultou na prisão em flagrante de dois homens de 28 e 31 anos, que tinham conteúdos de pornografia infantil em seus aparelhos celulares. A ação ocorreu em 13 estados brasileiros sob coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

No Amazonas, a operação teve o apoio operacional do 16° Distrito Integrado de Polícia (DIP) e Instituto de Criminalística Lorena dos Santos Baptista (IC-LSB), durante diligências nas zonas norte e leste de Manaus.

Conforme o delegado Paulo Benelli, titular da Dercc, a Operação Bad Vibes 3 faz parte do esforço nacional de repressão à exploração sexual de crianças e adolescentes. A ação teve o intuito de dar cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão contra os alvos.

A operação contou com a coordenação e apoio do MJSP, e as prisões ocorreram após o órgão enviar informações dos suspeitos à PC-AM, que deu início às investigações até a representação dos mandados ao Poder Judiciário.

Durante as diligências em Manaus, dois homens foram presos. Com eles foram apreendidos dois aparelhos celulares contendo material pornográfico infantil, além de equipamentos computacionais e diversos HDs internos, que serão encaminhados à perícia para análise.

Operação Bad Vibes 3

A ação faz parte de mobilização nacional coordenada pelo MJSP e as Polícias Civis de todo o país. Já foram realizadas outras duas etapas dessa operação em outros estados, desde outubro de 2023.

Ao todo, 13 estados deflagraram a operação, com o cumprimento de 26 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, como o escopo de apurar a prática dos delitos em um grupo de mensagens, onde eram comercializados e consumidos vídeos e fotografias com conteúdo de abuso sexual infantojuvenil, bem como em outras plataformas e dispositivos informáticos.

O nome da operação está ligado ao fato dos crimes terem sido praticados por meio de uma plataforma de mensagens. A operação foi denominada Bad Vibes, que significa más vibrações ou más energias.

Procedimentos

Os indivíduos responderão por adquirir, armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito envolvendo criança ou adolescente.

Ambos passarão por audiência de custódia e ficarão à disposição do Poder Judiciário.

FOTO: Anderton Cardoso/PC-AM



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias