Search
Close this search box.

Em Parintins, mais de 1,6 mil pessoas foram atendidas em mutirão de serviços


O mutirão itinerante com serviços do Governo do Amazonas já realizou 1,6 mil atendimentos na zona rural de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). Os números são dos primeiros quatro dias nas comunidades do Mocambo e Caburi. O mutirão iniciou no último dia 24 de abril e segue até 4 de maio, alcançando cinco comunidades rurais.

Coordenada pela Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), o foco é garantir o acesso da população aos programas e benefícios concedidos pelo governo estadual e parceiros. Entre os dias 24 e 27 de abril, foram realizados 858 atendimentos no distrito de Mocambo e 776 na comunidade de Caburi.

A partir desta segunda-feira (29/04) os trabalhos continuam pela comunidade Vila Amazônia, Zé Açu  e Tracajá, respectivamente. A maior procura da população tem sido pela Carteira de Identidade Nacional (CIN) e o Registro Civil de Nascimento (RCN), além dos atendimentos médicos. A Secretaria de Segurança Pública já emitiu 428 novas CIN.

Para os mutirões itinerantes nos municípios, a Sejusc tem fortalecido a parceria com os cartórios locais para viabilizar a emissão do RCN na hora. Nos primeiros dias da ação foram emitidas 273 certidões de nascimento na região.

De acordo com a secretária titular da Sejusc,  Jussara Pedrosa, as tratativas garantem o acesso da população ao documento com mais facilidade.  “Para quem vive na zona rural não é estratégica a emissão somente da declaração de hipossuficiência. Por isso, temos buscado levar os cartórios junto com a equipe para garantir que o documento vai sair na hora. Assim, nós saímos com a certeza de que o cidadão está com o seu RCN”, afirmou.

Serviços

A população também está recebendo atendimento de saúde especializado com apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBAM). Ao todo, foram 416 atendimentos nas duas comunidades. Para a ação, a corporação destacou clínicos gerais, pediatras, oftalmologistas, cardiologistas e profissionais de enfermagem.

Para regularizar a situação do Cadastro de Pessoa Física (CPF), o mutirão tem o Pronto Atendimento Virtual (PAV), em parceria com a Receita Federal, além de  assistência jurídica, por meio da Defensoria Geral do Estado (DPE-AM).

A iniciativa conta, ainda, com atendimento para solicitação de carteiras da pessoa com deficiência (CiPcD) e do Transtorno do Espectro Autista (Ciptea), Passe Legal Intermunicipal, além de orientações sobre as linhas de crédito da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

Próximas datas

A ação continua a partir desta segunda-feira, sempre de 9h às 16h. 

Vila Amazônia: 29 e 30 de abril – Centro de Formação da Paróquia

Zé Açu: 2 e 3 de maio – no Centro Social da Comunidade Bom Socorro

Tracajá: 4  maio – no Centro Comunitário do Tracajá

FOTO: Divulgação/Sejusc



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias