Search
Close this search box.

Governo do Amazonas incentiva novos empreendedores com o ‘Padaria Artesanal’ 


Buscando promover a capacitação empreendedora e a inclusão produtiva, o projeto ‘Padaria Artesanal’, do Governo Federal, chega ao Amazonas sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas). A unidade polo do projeto funcionará no Centro Estadual de Convivência da Família (Cecf) Teonízia Lobo, no bairro Mutirão, entre as zonas norte e leste de Manaus.

Segundo a titular da Seas, Kely Paixão, o projeto não exige um perfil específico dos eventuais empreendedores. O nosso único requisito é a pessoa gostar de cozinhar, porque ela pode  ingressar no mercado de trabalho ou virar um agente multiplicador”, explicou.

Segundo Kely Paixão as aulas práticas para os interessados podem ser conduzidas em uma cozinha equipada com utensílios básicos para a produção de receitas. “Eles vão aprender com o material que têm em casa. Então, o que eles tiverem em casa podem ser equipamentos usados para empreender no primeiro momento”, ressaltou.

Após a conclusão do curso, os alunos formados serão certificados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), órgãos parceiros do Governo do Amazonas.

Unidades

As unidades que devem abrigar o projeto serão subdivididas em Unidade Polo e Unidade Descentralizada. A Unidade Polo será no Centro Estadual de Convivência da Família (Cecf) Teonízia Lobo, no bairro Mutirão, entre as zonas norte e leste de Manaus.

Para receber o projeto, a unidade passou por serviços de melhorias na infraestrutura, realizados pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE).

Conforme a Secretaria de Estado de Assistência Social, para participar basta ter mais de 18 anos. Todas as outras informações relacionadas às inscrições, vagas do curso e documentação serão divulgadas posteriormente pela Seas.

FOTO: Roberto Carlos e Jimmy Christian/ Secom e Seas



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias