Mais de 700 mil pessoas em Manaus estão com terceira dose da vacina contra Covid atrasada

Mais de 700 mil pessoas que já poderiam ter tomado a dose de reforço (terceira dose) contra a Covid-19, em Manaus, ainda não compareceram aos pontos de vacinação para fazer a atualização do esquema vacinal.

A informação gerada pelo Sistema Municipal de Vacinação (SMV-Covid) da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) é motivo de alerta, de acordo com o secretário da pasta, Djalma Coelho.

“Os estudos demonstram que a imunidade conferida pelas vacinas contra o vírus (SARS-CoV-2) sofre redução após um período de três a quatro meses, por isso o Ministério da Saúde estabeleceu a dose de reforço, ampliando o esquema inicial de duas doses para garantir à população maiores níveis de proteção contra a Covid-19”, observou o secretário.

De acordo com Djalma Coelho, há em Manaus, em média, 50 pontos de vacinação para o público acima de 18 anos, que já está autorizado a receber a dose de reforço.

Podem receber a primeira dose de reforço (terceira dose) todas as pessoas de 18 a 59 anos que completaram o esquema inicial de duas doses há, pelo menos, quatro meses; as pessoas de 60 anos ou mais que tomaram as duas doses há, no mínimo, três meses; e os imunossuprimidos maiores de 18 anos, que se vacinaram com a segunda dose há, pelo menos, 28 dias.

A dose de reforço também está disponível para os adolescentes de 12 a 17 anos com alto grau de imunossupressão, devendo ser aplicada com intervalo de dois meses após a segunda dose.

Para os que receberam o imunizante da Janssen, que prevê dose única para o esquema vacinal inicial, a dose de reforço (segunda) deve ser aplicada dois meses após a primeira e, neste caso, não há recomendação, por enquanto, de terceira dose.

As doses de reforço para o público de 12 a 17 anos, sem doenças preexistentes, e para as crianças de 5 a 11 anos também ainda não estão recomendadas pelo Ministério da Saúde.

Balanço

Dados do vacinômetro da Prefeitura de Manaus atualizados na manhã desta terça-feira, 12, mostram que, 1.810.238 de pessoas receberam a primeira dose e 1.539.268 completaram o esquema vacinal inicial contra a Covid-19 com as duas doses dos imunizantes CoronaVac, Astrazeneca ou Pfizer. Além disso, 28.453 receberam a dose única da Janssen.

Dos que completaram o esquema inicial, 655.763 já receberam a dose de reforço e 772 mil alcançaram o prazo, mas ainda não compareceram a um ponto de atendimento para dar sequência à vacinação.

Além do atraso na terceira dose, a Semsa também registra aproximadamente 260 mil pessoas que não completaram o esquema vacinal inicial, ou seja, estão atrasadas com a segunda dose.

“A campanha foi um sucesso até agora, com mais de 4 milhões de doses aplicadas desde janeiro do ano passado, mas não podemos descansar. A redução da imunidade após alguns meses é uma constatação científica, então convidamos os que já se encontram no intervalo recomendado para a terceira dose que compareçam a um dos nossos pontos de vacinação o quanto antes”, alertou Djalma Coelho.

O secretário destaca que a melhora no cenário epidemiológico, com a redução significativa de casos, internações e óbitos é reflexo da adesão às vacinas.

“Se hoje estamos mais tranquilos, correndo menos riscos e andando sem máscara, sem dúvida, é porque avançamos na imunização, sendo necessário dar continuidade a esse processo”, disse.

A relação completa dos pontos de atendimento está disponível no site da Semsa ou nos perfis da Secretaria nas redes sociais (@semsamanaus, no Instagram e Semsa Manaus, no Facebook).