fbpx

Qualidade de vida no novo normal: 5 hábitos para adotar hoje mesmo

A pandemia do novo coronavírus provocou uma série de mudanças na vida das pessoas. Mas também despertou a consciência de que a saúde, não apenas a física, como também a mental, precisa de atenção. Mas, afinal, como investir na saúde e ter mais qualidade de vida no novo normal?

Neste artigo, nós vamos mostrar 5 hábitos que contribuem, e muito, para o seu bem-estar. Boa leitura!

1. Pratique atividades físicas

Uma das melhores maneiras de investir na saúde é abandonar o sedentarismo. A prática regular de atividades físicas, além de melhorar o condicionamento corporal, estimula a produção de hormônios responsáveis pelo bem-estar:

Dopamina
Neurotransmissor que ajuda na regulação dos processos motivacionais. Ele nos impulsiona a alcançar os objetivos.

Serotonina
Neurotransmissor responsável por promover sensação de prazer e bem-estar. A ausência dessa substância no cérebro pode causar mau humor e depressão.

Endorfina
É liberada no organismo como um analgésico diante das situações de dificuldades, como dor e estresse, com o objetivo de amenizá-los.

Ocitocina
É conhecida por ser responsável por promover sensação de confiança, auxiliando na criação de laços nos relacionamentos de modo geral. Também é conhecido como hormônio do amor.

Agora que parques e academias estão aos poucos sendo liberados, é hora de deixar o comodismo e começar a se exercitar. Esse é um dos primeiros passos na busca da qualidade de vida no novo normal.

2. Tenha cuidado com o que você come

A prática de exercícios tem seu papel na saúde, mas é preciso aliá-la à boa alimentação. Afinal, ambos estão relacionados quando o assunto é saúde, certo?

Ainda falando dos hormônios da felicidade, a alimentação tem função importante no equilíbrio dessas substâncias no organismo. Por isso, elimine todos os processados, ou pelo menos reduza a quantidade.

Invista em um cardápio variado, mas sempre considerando uma boa quantidade de alimentos naturais. Dicas:

  • Proteínas: carnes, ovos, leites e derivados atuam na formação da serotonina.
  • Aveia: eleva os níveis de insulina e melhora o humor.
  • Banana: estimula a produção de serotonina e previne ansiedade e irritação. Além disso, possui triptofano, uma substância que contribui para o bom humor e sensação de bem-estar.
  • Peixes e frutos do mar: ajudam a combater a ansiedade e cansaço.
  • Laranja: reduz a quantidade de hormônios que indicam o estresse físico e emocional.
  • Chocolate: a versão amarga é fonte de triptofano e outras substâncias estimulantes.

Ao montar seu cardápio da semana, não esqueça de dar preferência a esses alimentos. Quanto melhor a sua alimentação, menos chance de desenvolver problemas emocionais.

3. Vá regularmente ao médico

Ainda que aparentemente esteja tudo bem com o seu organismo, é fundamental ir ao médico pelo menos uma vez ao ano. Fazer um check up pode detectar alterações de saúde nem sempre perceptíveis. E ainda garantir que esteja tudo bem com você.

4. Socialize mais

Estar entre as pessoas que gostamos nos ajuda a esquecer os problemas, amenizar dores e encher o coração de coisas boas. Assim que puder, reúna sua família e amigos e faça um programa divertido. Mas não esqueça de se prevenir do coronavírus!

5. Valorize o silêncio

Por mais valorosos que sejam os momentos de socialização, o oposto também tem o seu poder. Como tudo na vida, é importante ter equilíbrio, concorda? Ter um momento para se desligar dos problemas, respirar fundo e pensar calmamente ajuda a recuperar as energias e focar no que realmente é importante.

Dedique um tempo a isso. Uma caminhada solitária no parque, distante do celular, em um local sossegado e de contato com a natureza vai ajudar você se renovar. Se for o seu perfil, faça um curso de meditação ou yoga para relaxar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *