Search
Close this search box.

Junho Violeta: dinâmica ensina direitos fundamentais da pessoa idosa


Conhecer os direitos da pessoa idosa pode ser uma tarefa complicada. Com isso em mente, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Direitos da Pessoa Idosa (Seadpi), desenvolveu uma dinâmica que busca transmitir a legislação do Estatuto da Pessoa Idosa, de forma didática, ao seu público-alvo, intitulada “Jornada pelos Direitos no EnvelheSer 60+”.

A atividade, que consiste em um jogo de tabuleiro em tamanho real, foi desenvolvida pelo advogado da Seadpi, Pietro Holanda, e tem sido apresentada ao longo das ações da campanha Junho Violeta da Sejusc, que visa combater a violência contra a pessoa idosa. Até o momento, pelo menos 240 idosos do Amazonas já participaram da dinâmica.

“Ela [a atividade] funciona como um jogo de perguntas e respostas, onde quatro equipes de quatro idosos se enfrentam. O objetivo é ensiná-los, de forma leve e didática, sobre os seus direitos”, destacou Pietro.

Ao longo da disputa, são abordados diversos direitos fundamentais da pessoa idosa, presentes no Estatuto, como o direito a vida, liberdade, respeito, dignidade, Saúde, Educação, cultura e lazer, entre outros.

“Eles têm gostado muito do jogo, porque, como é uma competição, atrai a atenção dos idosos e, ao mesmo tempo, eles vão absorvendo o Estatuto da Pessoa Idosa de maneira divertida”, acrescentou o advogado.

Na quarta-feira (19/06), a Sejusc levou a dinâmica à Associação Girassol (Santo Antônio, zona oeste). Até o final de junho, outros cinco grupos de idosos receberão a “Jornada pelos Direitos no EnvelheSer 60+”.

“É uma ação muito importante, pois faz com que os idosos se conscientizem sobre os seus direitos. O Direito, por si só, já é complicado e o Estatuto da Pessoa Idosa, muito extenso. Como ele [o Estatuto] trata de muitos temas, passar a legislação de maneira leve e dinâmica acaba se tornando mais eficiente”, finalizou Pietro.

EnvelheSer 60+

A “Jornada pelos Direitos no EnvelheSer 60+” faz parte de um dos eixos que integram o “EvelheSer 60+”, programa da Sejusc de conscientização para combater a violência contra idoso. Segundo dados do Instituto Brasileiro Geográfico e Estatístico (IBGE), o Amazonas registrou  821 casos de violência contra idosos, chegando ao índice de 19.8 denúncias por 100 mil habitantes.

FOTO: Ygson França/Sejusc



Fonte

Compartilhe nas Redes

últimas noticias